sábado, 24 de junho de 2017

Quando perdemos alguém

Oi, amigos que por aqui passam!

Depois de um longo período com os blogs parados retorno devagar. Com um assunto complicado: a morte de um ente querido.

A sensação de perda é uma das mais duras tristezas humanas. Dilacera, despedaça, devasta.
Após o acontecimento recebemos inúmeras formas de carinhos de quem conhecemos mas apesar de quase a maioria absoluta das pessoas te afirmarem que "vai passar", o que se segue com os dias é um sentimento de incredulidade de que aquilo possa realmente ter fim.
Os primeiros meses são de introspecção. Tentamos de alguma forma chegar a aceitação. A dor se torna física. Sentimos doer fisicamente o peito. A saudade... ah, a saudade. Passamos nossos dias e noites tentando digerir esse sentimento. 
A comida passa a ter outro sabor, o sono já não é o mesmo. 
E constantemente voltamos a nos deparar com a frase que insistentemente ouvimos: " Vai passar"
Faz um ano que minha mãe partiu.
Nesse ano pude me deparar com uma das mais bonitas e admiráveis capacidades humanas. 
A superação. 
Com exato um ano eu pude contemplar o que somos capazes de modificar dentro de nós. 
Momento de busca, autoconhecimento, oração.
Momento em que somos só nós e Deus.
O mais bonito de tudo isso chama-se tempo. Tempo é o tesouro que muitos desvalorizam, desperdiçam.
No dicionário, tempo significa "período contínuo no qual os eventos se sucedem". 
Que poder impressionante o passar do tempo tem. 
Hoje compreendo , finalmente, o que tão carinhosamente me diziam e incredulamente eu ouvia: Vai passar.
Talvez não aceitaremos, não compreenderemos, certamente nunca esqueceremos, mas a ferida se fecha e o que fica é uma cicatriz que fará parte do que somos, do nosso crescimento como pessoas, mães, pais, filhos.
 Nunca mais seremos os mesmos mas nos tornamos melhores no sentido de olhar a vida com mais sabedoria, calma, temperança e mansidão.
Tudo passa.
Que você esteja de mãos com Deus  que em seu mais profundo amor te carregará nos braços de maneira invisível, mas que o Senhor Tempo te fará perceber. Você nunca estará só.

Um abraço carinhoso a todos que me visitam!
Fiquem com Deus

Dani Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário